Data Picos
Mercadinho Frigoleme
Drogaria Horizonte
Lojão do ciclista
Chaves Bebidas
Rondnelly Camarço
Auto Escape J Wilson
Lustosa Tur
Malu Pneus
Revogado

Bolsonaro decide anular decreto que facilita porte de arma de fogo

Medida ocorre após o comissão do Senado aprovar parecer que pede a suspensão dos decretos. STF começaria julgar nesta quarta

25/06/2019 15h57
Por: Pablo Carvalho
Fonte: Redação Oeiras em Foco

O presidente Jair Bolsonaro decidiu revogar o decreto que facilitou o porte de armas de fogo. A informação foi dada pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em reunião com senadores na tarde desta terça-feira (25).

Bolsonaro editou, em maio, dois decretos sobre posse e porte de armas de fogo e uso de munições. A pacote de mudanças foi alvo de críticas e, na semana passada, o plenário do Senado aprovou parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que pede a suspensão dos decretos.

O parecer seguiu para análise da Câmara dos Deputados. As regras previstas nos decretos continuarão valendo até que a Câmara vote o tema e, eventualmente, aprove a suspensão dos decretos.

O direito ao porte é a autorização para transportar a arma fora de casa. É diferente da posse, que só permite manter a arma dentro de casa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias