Malu Pneus
Auto Escape J Wilson
Drogaria Horizonte
Mercadinho Frigoleme
Chaves Bebidas
Lustosa Tur
Santos Auto Escola
Lojão do ciclista
Sustentabilidade

Vice-governadora pede que Embrapa seja parceira na luta contra agrotóxicos

Sousa também destacou o trabalho da Embrapa na ciência e tecnologia para melhorar a vida das pessoas e desenvolver a região.

14/06/2019 17h51
Por: Pablo Carvalho
Fonte: CCom
(Foto: CCom)
(Foto: CCom)

A vice-governadora Regina Sousa participou, em Teresina, das comemorações dos 44 anos de existência da Embrapa Meio-Norte e pediu que a empresa seja parceira na luta e nas pesquisas contra os agrotóxicos usados na agricultura.

Sousa também destacou o trabalho da Embrapa na ciência e tecnologia para melhorar a vida das pessoas e desenvolver a região. Informou que a emenda de R$ 300 mil que destinou, ainda como senadora, foi liberada para projetos de tecnologias.

A vice-governadora disse que o uso de agrotóxico faz muito mal à saúde das pessoas e é possível produzir sem o veneno na agricultura, citando o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra que é o maior produtor de arroz orgânico da América Latina. “Ele se sustenta com o seu produto. E por que que a gente não pode diminuir o agrotóxico na nossa produção para as pessoas viverem melhor?,” questionou, acrescentando que não adianta apenas mudar o nome para "defensivo" uma vez que a ganância de alguns produtores não pode se sobrepor à vida das pessoas.

Regina Sousa desejou “vida longa à Embrapa” e lembrou que, quando senadora, liberou emendas no valor de R$ 300 mil para projetos de tecnologia da empresa. Na oportunidade, a vice-governadora criticou os cortes de verbas federais para as áreas de Ciência e Tecnologia. “Todo legado da pesquisa é para a humanidade. Não é possível não reconhecer a importância da Ciência no desenvolvimento”, declarou.

O chefe-geral da Embrapa Meio-Norte, Luiz Fernando Leite disse que a empresa desenvolve 50 programas de melhoramento genético que vão desde a cerveja ao açaí. “Os produtos inseridos no dia a dia têm a carteira da Embrapa. No Piauí, são 262 funcionários, sendo 89 especialistas que trabalham em projetos, pesquisas e desenvolvem programas que objetivam a melhoria da qualidade de vida das pessoas", pontuou.

Na solenidade, também estiveram presentes o deputado federal Júlio César; o prefeito de Teresina, Firmino Filho; a vice-reitora da Universidade Federal do Piauí, Nadir Nogueira; o reitor do Instituto Federal do Piauí, Paulo Henrique Gomes de Lima; o diretor-geral do Emater, Francisco Guedes, entre outras autoridades.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias