Data Picos
Lustosa Tur
Lojão do ciclista
Mercadinho Frigoleme
Malu Pneus
Chaves Bebidas
Drogaria Horizonte
Auto Escape J Wilson
Santos Auto Escola
Redução FPE

Piauí terá queda de R$ 79 milhões no repasse do FPE para o mês de junho

Os números também são bem menores em relação ao mês de junho do ano passado, quando o repasses foi de R$ 282 milhões.

12/06/2019 08h07
Por: Pablo Carvalho
Fonte: O Dia
(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) que o Piauí vai receber em junho terá uma queda de mais de R$ 79 milhões em comparação ao mês de maio, quando os repasses somaram o equivalente a R$ 334 milhões.  De acordo com o cronograma da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o Piauí vai receber neste mês cerca de R$ 255 milhões.

Os números também são bem menores em relação ao mês de junho do ano passado, quando o repasses foi de R$ 282 milhões.

O FPE é uma das principais fontes de receitas do estado do Piauí. Os recursos são utilizados para o pagamento de despesas de custeio, como energia elétrica, água e combustível. Além disso, o recurso também é utilizado, entre outras coisas, para o pagamento de fornecedores. 

O superintendente da Receita do Piauí, Antônio Luiz Soares, explica que a queda nas transferências por parte da União gera um impacto negativo nas finanças do estado. Segundo ele, novas medidas de contingenciamento de despesas vão precisar ser adotadas para garantir o equilíbrio. “A despesa não reduziu para suportar essa queda na receita. Então, o governo tem que contingenciar mais fortemente ainda as despesas, para conseguir ultrapassar esse problema nos meses seguintes”, explicou.

Ainda de acordo com o superintendente da Receita, a expectativa é que haja um crescimento nos repasses do FPE para os próximos meses. “Esperamos que nos meses de julho e agosto não haja uma queda tão grande, como houve em junho”, pontuou Antônio Luiz Soares.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias