Virtex
Chaves Bebidas
Santos Auto Escola
Lojão do ciclista
Drogaria Horizonte
Malu Pneus
Lustosa Tur
Mercadinho Frigoleme
Auto Escape J Wilson
Champions League

Voa, Lucas! Brasileiro faz três, decide aos 51 do segundo tempo e põe Tottenham em final inglesa

Atacante tem a atuação da carreira com hat-trick na etapa final após Ajax estar vencendo por 2 a 0. Spurs enfrentam o Liverpool em Madri no dia 1º de junho

08/05/2019 19h39Atualizado há 3 meses
Por:
Fonte: globoesporte.com
(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Achou que Liverpool x Barcelona já seria suficiente para o seu coração? Achou errado! A Liga dos Campeões não é o maior torneio do futebol mundial à toa. Esta edição, a das viradas, em especial, consumou a primeira classificação do Tottenham para uma final com uma vitória para ser lembrada por décadas ou, sei lá, séculos. E com o carimbo brasileiro: Lucas Moura marcou incríveis três gols no segundo tempo, o último deles aos 51 minutos nos 3 a 2 sobre o Ajax, na Johan Cruyff Arena, e pôs os Spurs na rota do Liverpool na decisão de 1º de junho em Madri. De Ligt e Ziyech haviam deixado os holandeses na frente ainda na etapa inicial, mas tudo mudou. Definitivamente, é impossível duvidar.

GRUPO SELETO 

Lucas Moura se tornou o quinto jogador a marcar um hat-trick numa semifinal de Liga dos Campeões, depois de Del Piero (Juventus), Olic (Bayern), Lewandowski (Borussia Dortmund) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid). Mas se houver eleição de mais emocionante... Acho que temos um vencedor, né?

• A ATUAÇÃO DA CARREIRA

Que noite foi essa?! Se o título vier Lucas provavelmente merecerá uma estátua no novo estádio do Tottenham (como pediu Eriksen no apito final). O clube do norte de Londres havia chegado na semifinal apenas em 1962 e agora se aproxima do feito inédito com um herói para lá de improvável - Lucas talvez seria reserva se o Kane estivesse apto para jogar. Ele foi titular, mas os gols saíram só no segundo tempo, aos 10, 14 e 51 (!!!) minutos. Detalhe: TODOS COM A CANHOTA, aquela que "só serve para subir no ônibus". Ele não desistiu e foi premiado com a classificação.

ELE TAMBÉM MUDOU O JOGO

O Tottenham foi outro no segundo tempo - e muito graças à entrada de Llorente. O centroavante espanhol conseguiu fazer o pivô e aproximar Son, Dele Alli e Eriksen. Os Spurs passaram a criar muitas oportunidades, terminando o jogo com 24 finalizações a favor - e 16 contra. A classificação também passa pelo substituto de Kane.

REVIRAVOLTAS

É impossível resumir o jogo em alguns parágrafos. Podemos dizer que foi insano, com o Ajax dominando o primeiro tempo ao seu estilo. De Ligt inaugurou a contagem aos cinco, em cobrança de escanteio. Ziyech ampliou aos 35, em bonita finalização após passe de Tadic. O Tottenham começou a sua reação aos 10 da etapa final, num lindo contra-ataque puxado por Lucas com participação de Dele Alli. O brasileiro empatou aos 14, depois de um milagre de Onana em chute de Llorente. E virou no último suspiro, aos 51, depois de outra intervenção de Dele Alli e de um chute na trave de Ziyech instantes antes... Ah, futebol...

SEGUNDA FINAL INGLESA

Tottenham e Liverpool vão repetir o feito de Manchester United e Chelsea em 2008 - na ocasião os Diabos Vermelhos levaram o título nos pênaltis, em Moscou. Será, também, a sexta final com clubes do mesmo país. E os Spurs são o oitavo inglês a chegar numa final, como levantou o perfíl de estatísticas Opta.

A DOR DO QUASE

É duro imaginar que o Ajax será desfacelado no mercado de transferências e dificilmente terá outra chance tão boa de ganhar a Champions - tem quatro títulos, o último em 1995. Depois de mandarem no jogo em Londres, os holandeses tiveram uma atuação à altura do que vinham apresentando no mata-mata, mas permitiram muitas chances ao Tottenham, especialmente no segundo tempo. É importante ressaltar o desfalque de última hora de David Neres, com dores musculares. Dolberg entrou e pouco produziu. Tadic e companhia se despedem de cabeça em pé, mas não será uma noite fácil para dormir.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias