Virtex
Lustosa Tur
Mercadinho Frigoleme
Lojão do ciclista
Drogaria Horizonte
Malu Pneus
Auto Escape J Wilson
Chaves Bebidas
Santos Auto Escola
Meta

Wellington Dias pede caráter técnico, finanças e foco no IDH aos novos secretários

Dias afirmou que é importante que todos trabalhem dentro da legalidade e pediu um bom controle das despesas

08/05/2019 06h46
Por: Pablo Carvalho
Fonte: Redação Oeiras em Foco
(Foto: CCom)
(Foto: CCom)

Em reunião com os novos gestores, nesta terça-feira (7), o governador Wellington Dias definiu as prioridades para os próximos anos de sua administração. Entre os pontos mais destacados, o chefe do executivo estadual reforçou sua preocupação com o equilíbrio das finanças, o caráter técnico e a qualificação do quadro administrativo, além de uma nova metodologia para calcular o desenvolvimento do estado. 

Dias afirmou que é importante que todos trabalhem dentro da legalidade e pediu um bom controle das despesas. “O equilíbrio financeiro é fundamental para manter investimentos. Vamos aplicar uma nova sistemática de controle de contratos de pessoal e da folha. Vamos ter um tratamento rigoroso nas escolhas de diretores e áreas técnicas, em especial na Educação”, ressaltou, acrescentando a importância de trabalhar sempre a qualificação da equipe dos órgãos estaduais. “Acredito na política e não podemos ignorar sua importância, mas precisamos dar o devido espaço ao caráter técnico. O povo quer resultado. Por isso, vamos ter muito cuidado com as duas principais despesas do estado que são pessoal e custeio”, salientou.

O governador falou ainda sobre implementação de uma nova estratégia que terá como foco o desenvolvimento e utilizará como base o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). “Faremos o monitoramento total do IDH. Vamos construir um plano para o desenvolvimento de todas as regiões com base no mapa de potencialidades dos doze territórios e acompanhar o IDH por território. Vamos trabalhar para corrigir as disparidades. Levar ações que signifiquem a melhoria da qualidade de vida em cada região piauiense”, revelou. 

Durante o encontro, os novos gestores tomaram ciência de que terão, como missão inicial, atualizar a carteira de obras e as ações que estão a finalizar em suas pastas. A medida tem como objetivo trabalhar agenda de entrega destas iniciativas. “Vamos mexer menos com política e mais com ações: obras, equipamentos, programas e serviços”, afirmou Wellington Dias. 

O governador afirmou que quer acompanhar o andamento de cada obra, a fonte de recurso e em qual situação está. A Secretaria de Estado do Planejamento terá o papel de ser um ponto focal deste monitoramento. Também será elaborado um contrato para o cumprimento de metas de ações e despesas. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias