25°

Poucas nuvens

Oeiras - PI

Cidades Disparos

Polícia apreende arma de PM que atirou no show do Tarcísio do Acordeon

Mandado de busca e apreensão foi cumprido pelos policiais na manhã desta quinta-feira (06).

06/01/2022 às 14h16
Por: Yasmin Osório Fonte: GP1.com
Compartilhe:
(Foto reprodução)
(Foto reprodução)

A Polícia Civil do Piauí cumpriu na manhã desta quinta-feira (06), um mandado de busca e apreensão na residência do soldado do 16º BPM, João Batista dos Santos, 35 anos, com objetivo de apreender a arma de fogo utilizada para efetuar disparos no show do cantor Tarcísio do Acordeon, ocorrido no dia 19 de dezembro, na Arena Teresina Shopping.

Segundo o delegado Paulo Gregório, titular do 5º Distrito Policial, foi solicitado à Justiça um mandado de busca e apreensão, que culminou com a apreensão da pistola 9 milímetros utilizada para efetuar os três disparos de arma de fogo durante o show.

"Desde o início do Boletim de Ocorrência, a gente tomou todas as diligências. Foram ouvidas as testemunhas que avistaram o policial efetuando os disparos. Foram encontrados estojos no local onde teve o show do Pzero no dia 19/12 e para fechar o inquérito, a materialidade do crime, foi solicitado um pedido de busca e apreensão na residência do policial, apreendida a arma e a mesma foi encaminhada para o Instituto de Criminalística", informou o delegado.

O mandado de busca e apreensão foi expedido pela juíza auxiliar Elvanice Pereira de Sousa Frota Gomes, da 3ª Vara Cível de Teresina.

Corregedoria vai investigar conduta do policial militar

O comandante-geral da Polícia Militar do Piauí, Lindomar Castilho, disse ao GP1 que a Corregedoria da Polícia Militar aguarda comunicação oficial do 5º Distrito Policial para abrir procedimento contra o soldado do 16º BPM, João Batista dos Santos.

Segundo Lindomar Castilho, a conduta do soldado da Polícia Militar, bem como da companheira dele, uma oficial da PM lotada no Palácio de Karnak, serão apuradas. “Será apurada, a Corregedoria está aguardando a comunicação do Distrito Policial”, afirmou o comandante-geral.

O soldado João Batista estava ao lado da companheira, quando sacou a arma para cima e efetuou três disparos com uma pistola 9 milímetros no meio da multidão presente no show do Tarcísio do Acordeon. Como a esposa do soldado é tenente da Polícia Militar e possui uma posição hierárquica superior, ela deveria ter dado voz de prisão ao soldado e também poderá responder administrativamente.

Polícia Civil já instaurou inquérito

O delegado Paulo Gregório, titular do 5º Distrito Policial, informou ao GP1 que foi aberto um inquérito policial e o autor dos disparos já foi identificado. "O fato ocorreu no dia 19 no show do Pzero que ocorreu no estacionamento do Teresina Shopping. Tomamos conhecimento no domingo e na segunda já abrimos a portaria de instauração do inquérito. Foram pegas oitivas dos seguranças privados do evento, que de imediato informaram que avistaram um indivíduo efetuando disparos para cima e solicitaram que ele saísse do evento. Como eles eram seguranças de outras boates e já conheciam o indivíduo, a gente rapidamente chegou na autoria do fato. Trata-se de um policial militar", informou o delegado Paulo Gregório.

Arma utilizada não é da Polícia Militar

Conforme o delegado Paulo Gregório a arma utilizada para efetuar os disparos é de uso pessoal do soldado da PM. "Essa arma possivelmente é de uso pessoal dele. Foi feita uma vistoria no local do evento e foram encontradas as cápsulas, comprovando a materialidade do delito, os estojos de munições calibre 9 milímetros. De imediato a gente deduz que a arma seja de uso particular, pois não é normal o Estado cautelar a arma 9 milímetros, sempre é .40 para as forças policiais", frisou Paulo Gregório.

Entenda o caso

Um soldado lotado no 16º Batalhão da Polícia Militar do Piauí, identificado como João Batista dos Santos, 35 anos, efetuou três disparos de arma de fogo para cima durante o show do cantor Tarcísio do Acordeon, na madrugada do dia 19 de dezembro, na arena do Teresina Shopping, no bairro Noivos, zona leste de Teresina. No mesmo evento se apresentaram ainda João Gomes e Victor Fernandes.

                               

De acordo com as imagens que foram gravadas por um fã que assistia ao show do cantor, o homem apontou a arma para cima e efetuou três disparos de arma de fogo no meio da multidão. Também é possível ver o momento em que a companheira do soldado tenta contê-lo, mas sem sucesso.

Um homem ainda não identificado efetuou três disparos de arma de fogo para cima durante o show do cantor Tarcísio do Acordeon, na madrugada deste domingo (19), na arena do Teresina Shopping, no bairro Noivos, zona leste de Teresina. No mesmo evento se apresentaram ainda João Gomes e Victor Fernandes.

Em um outro vídeo que foi gravado pela equipe de Tarcísio do Acordeon e publicado na página do Instagram do cantor, também é possível ouvir o barulho dos disparos, mas o cantor que estava cantando a canção 'Proteção de Tela' não ouviu os tiros e seguiu normalmente com o show.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI
Sobre o município Notícias de Teresina - PI
Oeiras - PI Atualizado às 22h45 - Fonte: ClimaTempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 32°

Qua 33°C 22°C
Qui 32°C 22°C
Sex 33°C 23°C
Sáb 32°C 23°C
Dom 32°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias