Segunda, 02 de Agosto de 2021 11:52
89 988029890
Polícia Heliópolis

Após morte de soldado, ROTA entra no Heliópolis, mata suspeito e apreende drogas, armas e 16 paredões

Homem morto seria um dos três suspeitos identificados pela polícia. Ele estava trocando tiros com a PM.

12/06/2021 08h21 Atualizada há 2 meses
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
Após morte de soldado, ROTA entra no Heliópolis, mata suspeito e apreende drogas, armas e 16 paredões

Após a morte do Policial Militar Polícia Militar Leandro Patrocínio, de 30 anos no último sábado 29 de maio, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) começou as investigações para procurar os autores do crime.

A Polícia identificou o local onde o policial foi morto. O corpo dele foi encontrado no sábado (5), após um cão farejador ter indicado o local em um terreno de Heliópolis. No mesmo sábado, uma escavadeira retirou o corpo que, após exames, foi identificado como sendo do policial.

Em 29 de maio, câmeras de segurança gravaram Patrocínio saindo da estação Sacomã do Metrô em direção à comunidade. Leandro estava à paisana, sem uniforme da corporação. Ele foi a um bar próximo ao baile funk, consumiu 12 reais em bebida, e quando ele se preparava para ir embora da comunidade, ele foi capturado e levado até um sobrado que funciona como cativeiro, lá ele foi torturado até a morte. No local a polícia encontrou o relógio dele jogado dentro de um vaso sanitário e tinha manchas de sangue em algumas paredes.

Na segunda-feira (31), as Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) entraram na favela e matou um dos suspeitos, após troca de tiros em Heliópolis durante as buscas pelo soldado. Uma arma de fogo e duas mochilas com drogas foram apreendidas.

Nesta quinta-feira (10) a Polícia Militar e a Polícia Civil apreendeu 16 paredões, que eram usados próximo ao local para a realização de baile funk no Heliópolis.

E nesta sexta-feira (11), um outro suspeito de participar da morte do policial foi preso. O DHPP tenta identificar ainda mais dois suspeitos que participaram do crime, totalizando 5.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias