Segunda, 14 de Junho de 2021 03:26
89 988029890
Polícia "Patrulha Popular"

Populares flagram bandidos resgatando materiais de construção roubados na semana passada em Oeiras

Dois moradores seguiram elementos que fugiram ao perceber que haviam sido identificados.

05/05/2021 23h51
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
Imagem de obra não pertencente ao local (Foto: Reprodução)
Imagem de obra não pertencente ao local (Foto: Reprodução)

Os moradores do Bairro Rosário em Oeiras resolveram fazer sua própria "patrulha". O motivo era os roubos frequentes que vinha acontecendo a residências, comércios e até igrejas.

Na semana passada uma construção que fica em um loteamento no Bairro Rosário foi alvo de bandidos e levaram treliças, portas, janelas, cimentos, vaso sanitário, pia entre outros. Mas eles deixaram em local próximo e vieram resgatar os objetos na noite desta quarta-feira (05).

Um morador do Conjunto Nogueira Tapety, observou uma movimentação estranha em um matagal naquele local e avisou a outro vizinho que fazem essa "patrulha popular". Chegando ao local tinha um carro parado e uma moto dando cobertura na esquina da rua.

Totalmente no escuro, sem nenhuma luz, o vizinho ligou a luz da lanterna do aparelho celular e os cumprimentaram com boa noite. Tentando despistar os ladrões alegaram que estava ali devido o carro apresentar problemas.

Quando os dois vizinhos iam deixando o local, ia saindo do matagal outro indivíduo (ocupante da moto) com umas das portas roubadas. Ao avistar os moradores com a lanterna acesa, o homem jogou a porta no chão e fugiu na motocicleta, e os dois também saíram no carro que tinha um reboque.

Os dois moradores seguiram o carro de uma certa distancia para anotar o número da placa do veículo, ao chegar próximo ao Holanda Supermercado o motorista percebeu e saiu em alta velocidade, mesmo com o reboque acoplado, pela BR 230.

A Polícia Militar chegou ao local minutos depois para registro da ocorrência e colher as informações das pessoas que estiveram no local.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias