Quinta, 06 de Maio de 2021 19:35
89 988029890
Geral "O silêncio"

E a lista da Alepi, lembra? E a imprensa quase inteira calada, observou?

Por Pablo Carvalho - Editorial: "O silêncio"

30/04/2021 17h27 Atualizada há 6 dias
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
E a lista da Alepi, lembra? E a imprensa quase inteira calada, observou?

A pouco dias o portal Oeiras em Foco publicou várias matérias sobre a Lista da Alepi. Matérias no qual mostravam que pessoas da próprios órgãos de fiscalizações recebendo valores da Assembleia Legislativa do Piauí.

Uma delas, e por exemplo é o Conselheiro Luciano Nunes Santos, que é nascido em Oeiras e atual controlador interno do Tribunal de Contas do Estado do Piauí e recebe como aposentado/pensionista o valor de R$ 13.926,8. Tem um deles que recebe que tem relação direta, aliás conjugal com a presidente do TCE, Lílian de Almeida Veloso Nunes Martins. O seu esposo e ex-governador do Piauí, Wilson Nunes Martins recebe cerca de R$ 15.850,28 mensais.

Tanto Luciano Nunes Santos como a presidente Lílian de Almeida Veloso Nunes Martins foram procuradas pelo Portal Oeiras em Foco e até a publicação não havia dado nenhuma resposta, isso já faz 17 dias. É bem provável que não responderá. A Assembleia Legislativa do Piauí também não respondeu ao portal Oeiras em Foco e nem se posicionou sobre o assunto oficialmente.

E o que falar do Ministério Público do Estado do Piauí, do Tribunal de Contas do Estado do Piauí, órgãos que fiscalizam e denunciam irregularidades totalmente silenciados, como uma ressalva do MP-PI que emitiu uma vaga nota que instaurou uma investigação no inquérito nº 0000-214/2021 para apurar possíveis irregularidades. Ressalva-se diante disso, o único que respondeu foi o Ministério Público de Contas do Piauí, que informou que encaminhou a "notícia fato" do Portal Oeiras em Foco para o gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça para verificar de abrir um procedimento investigatório diante dos fatos apontados.

E a imprensa? Que papel? Onde vai para nossa imprensa, observaram o silêncio? Nenhum portal de notícias que diz ser a nível estadual publicou isso, relatou isso, replicou a lista da Alepi. Com ressalva de uma pagina no Instagram chamada " O Piauiense", que por sinal foi bombardeado por colegas de imprensa o acusado de fake news e outras tantas.

Mas isso tem explicação... grande parte está envolvida e tem pessoas próximas envolvidas e mesmo que não estejam recebendo pela Alepi tem parcerias de outra forma, até legal perante a lei, mas podem ser prejudicados se noticiar o fato. Nomes como dos jornalistas Ieldyson Vasconcelos, Sávia Barreto, e o publicitário Thiago Trindade, filho de Tony Trindade aparecem na lista. Em Oeiras também tem nome de Jornalista na lista da Alepi.

E ai percebeu agora por que do silêncio por quase toda imprensa, dos órgãos de fiscalizações e da própria Alepi que não se posiciona oficialmente?!!!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias