Terça, 20 de Abril de 2021 05:11
89 988029890
Geral Reclamações

Lojas não essenciais abrem e empresários que cumprem decreto reclamam: "se continuar, vamos abrir também"

A redação se deslocou até o centro comercial e pode constatar as reclamações recebidas.

30/03/2021 09h53
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
Lojas não essenciais abrem e empresários que cumprem decreto reclamam:

Desde as 07 horas da manhã desta terça-feira (30), o Portal Oeiras em Foco começou a receber reclamações de alguns empresários que estão cumprindo o Decreto Estadual sobre aos que não estão seguindo as orientações e abrindo lojas de serviços não essenciais. Nossa redação recebeu fotos acompanhadas de reclamações, além de ligações de alguns empresários que fecharam suas lojas e estão incomodados com o fato de alguns cumprir o Decreto Estadual e outros não.

Segundo um dos empresários que reclamou o problema está em uns cumprir e outros não: "é um momento difícil para todo mundo, estou com vontade de abrir a minha mas somos cidadãos tem que seguir normas, agora se uns deixam de seguir vira bagunça e pouco adianta as medidas adotadas. Ou é pra todo mundo seguir ou vamos abrir também".

Nossa redação pesquisou se havia algum decreto que regulamenta a abertura do comércio não essencial na cidade de Oeiras e não encontrou. O último Decreto Municipal é de N° 024/2021 que decreta ponto facultativo nesta quarta-feira (31).

Hoje no Piauí é feriado de Corpus Cristi, regulamentado pelo Decreto Estadual 19.550 que define medidas restritivas bem mais rígidas (uma espécie de 'lockdow total') sobre o funcionamento de atividades econômicas no Estado do Piauí até dia 4 abril. O governo prefere chamar de "parada sanitária".

Nossa redação foi até o centro comercial de Oeiras e pode constatar as reclamações, muitas lojas de eletrônicos e confecções estavam abertas, o que não é permitido em decreto. Veja aqui o que pode funcionar.

O que diz a Vigilância Sanitária

Antes de a nossa redação ir ao centro comercial de Oeiras, o Portal Oeiras em Foco encaminhou para vigilância Sanitária as imagens recebidas, como não houve retorno da Coordenadora Lívia Rego, fomos para constatar as reclamações.

Logo depois, por volta das 09 horas e 32 minutos minutos, momento antes da publicação desta matéria, Lívia Rêgo resumiu: "a equipe está em campo".

Observação: em respeito ao empresário resolvemos borrar as fotos recebidas via WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias