Terça, 20 de Abril de 2021 04:04
89 988029890
Oeiras Oeias

PM fecha 133 estabelecimentos e interrompe aglomerações no final de semana em Oeiras

O Major Santos ressalta que as fiscalizações continuarão e alerta que a Polícia Militar pode lavrar TCO.

08/03/2021 11h23
Por: Pablo Carvalho Fonte: Conteúdo Mural da Vila
PM fecha 133 estabelecimentos e interrompe aglomerações no final de semana em Oeiras (Foto: Oeiras em Foco)
PM fecha 133 estabelecimentos e interrompe aglomerações no final de semana em Oeiras (Foto: Oeiras em Foco)

A polícia Militar de Oeiras fechou 133 estabelecimentos comerciais em Oeiras por desobediência ao decreto estadual que vigorou durante o final de semana.

Os estabelecimentos foram fechados, alguns notificados, sendo lavrado o TCO -Termo Circunstanciado de Ocorrência, durante o sábado e domingo em Oeiras.

O Major Santos, subcomandante da Polícia Militar em Oeiras, disse que além destas ocorrências, 472 pessoas foram abordadas e orientadas; 157 veículos (carros e motos) foram abordados; 10 infrações de trânsito e 03 ocorrências relevantes, sendo a mais grave um caso de estupro no povoado Morro Redondo.

Além do fechamento de comércios e abordagens a pessoas, a Polícia Militar juntamente com a Vigilância Sanitária, realizou uma ação na localidade Café da Rosa, na noite de sábado, 06, após a PM receber uma denúncia que de o Bar da Manga estava aberto e no local estava havendo uma aglomeração. O local foi fechado e o proprietário notificado por descumprir o decreto estadual.

O Major Santos ressalta que as fiscalizações continuarão e alerta que a Polícia Militar pode lavrar TCO, que é um documento similar ao inquérito policial e é lavrado quando a autoridade policial verifica a ocorrência de uma infração de menor potencial ofensivo, ou seja, aquelas contravenções penais e os crimes a que a lei comine pena máxima não superior a 2 (dois) anos, cumulada ou não com multa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias