Quinta, 28 de Janeiro de 2021 11:28
89 988029890
Oeiras Reação

População protesta contra crime de feminicídio em Oeiras

Mulheres e Homens participaram do ato.

24/11/2020 17h50 Atualizada há 2 meses
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
População protesta com crime de feminicídio em Oeiras (Foto: Oeiras em Foco)
População protesta com crime de feminicídio em Oeiras (Foto: Oeiras em Foco)

Na tarde desta terça-feira (24), população da cidade de Oeiras realizou um protesto em frente ao Fórum de Justiça Desembargador Cândido Martins contra um feminicídio que aconteceu de forma brutal neste último sábado no bairro Rosário em Oeiras.

Várias pessoas participaram do ato, a maioria eram mulheres, mas haviam homens também protestando. Cartazes com frases "disque 180", "quem ama não mata", "resistência", "violência aqui não" e "políticas efetivas" foram as mais vistas no ato.

População protesta com crime de feminicídio em Oeiras (Foto: Oeiras em Foco)

 

Algumas pessoas fizeram discursos. Todos os protestantes estavam usando máscaras e mantendo o distanciamento social, e parte da imprensa esteve no local.

Entenda o caso

Polícia prende acusado de matar mulher a facadas em Oeiras
Mulher mortas por femicidio
em Oeiras (Foto: Reprodução)

 

Francisca Ferreira dos Santos, conhecida como 'Mocinha' foi morta a facadas pelo seu companheiro identificado como 'Chaguinha'.Ele desferiu algumas facadas na vítima, que estava em companhia de sua filha, uma criança. Além de ameaças, brigas e violência constante contra a mesma, o mesmo teria se irritado por ela ter registrado um B.O na Delegacia Regional de Oeiras.

Após o crime F. C. P. N. evadiu-se do local, sendo preso por uma viatura da Força Tática da Polícia Militar de Oeiras e já está na penitenciária de Oeiras.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias