Sexta, 27 de Novembro de 2020 01:53
89 988029890
Oeiras Ação Rápida da PM

Polícia prende acusado de matar mulher a facadas em Oeiras

F. C. P. N. desferiu 3 facadas contra a sua companheira, sendo uma no peito direito, outra debaixo do braço e no pescoço.

22/11/2020 08h49
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
Polícia prende acusado de matar mulher a facadas em Oeiras

Numa rápida ação da polícia de Oeiras, foi preso por volta das 23horas deste sábado (21), o homem acusado de matar a companheira a facadas, no bairro Rosário. F. C. P. N. desferiu 3 facadas contra a sua companheira, sendo uma no peito direito, outra debaixo do braço e no pescoço.

Após o crime ele evadiu-se do local, sendo preso por uma viatura da Força Tática da Polícia Militar de Oeiras. Ele está preso na Delegacia Regional de Oeiras e ficará à disposição da Justiça.

Entenda o caso

Uma mulher identificada como Francisca Ferreira dos Santos, conhecida como 'Mocinha' foi morta a facadas pelo seu companheiro na noite deste sábado, 21, em Oeiras. O caso aconteceu no bairro Rosário e vitimou a mulher identificada como 'Mocinha'.

De acordo com as primeiras informações, o homem identificado como 'Chaguinha', que seria companheiro da vítima, chegou ao local em que estavam morando, na Rua 7 de Setembro, no bairro Rosário e desferiu algumas facadas na vítima, que estava em companhia de sua filha, uma criança.

As informações dão conta de que Mocinha havia registrado um boletim de ocorrência neste sábado contra o seu companheiro por conta de agressões e ameaças.

Após matar 'Mocinha' o acusado fugiu do local. A polícia foi acionada e está em diligências com o objetivo de prender o acusado e a perícia da cidade de Picos está sendo aguardada para fazer a liberação do corpo.

Lei de Abuso de autoridade

A Lei de Abuso de autoridade de autoria do Senador Renan Calheiros e aprovada pelo congresso nacional em 26 de abril de 2017, proíbe através do art. 13 inc.I, que a imprensa divulgue nomes, exiba todo ou parte do corpo e algo que venha constranger o preso e/ou  detento à curiosidade pública, exceto em flagrante da imprensa no local e ou transporte do mesmo.

A sociedade é muito importante, quando decide anonimamente denunciar roubos, agressões ou qualquer tipo de infração. Para que isto seja possível, basta acessar o aplicativo da Polícia Civil de Oeiras. A identidade será mantida em absoluto sigilo. As denúncias podem ser feita através do 190 e do WhatsApp (89) 988029541 da Polícia Militar, ou através do endereço eletrônico http://bit.ly/denunciapcoeiras.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias