Quinta, 29 de Outubro de 2020 15:56
89 988029890
Polícia Polícia

Homem é preso acusado de tentar estuprar adolescente de 14 anos do Povoado Angical

O Homem tentou fugir mas a Polícia Militar conseguiu prender o homem em flagrante.

21/09/2020 23h20
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
(Foto: Simulação)
(Foto: Simulação)

Um homem acusado de tentar estuprar uma adolescente de 14 anos, do Povoado Angical, zona rural de Colônia do Piauí, foi preso pela Polícia Militar nesta segunda-feira (21).

O Homem convenceu a menor por um aplicativo de mensagens, alegando que a mesma fosse até a sua residência buscar a chaves de sua residência para ficar com a mãe dela, pois segundo ele iria viajar.

Após insistência do homem a menina foi até o local, chegando lá, ele pediu que a mesma ficasse de costas, pois lhe daria um presente, foi quando ele a intimidou com uma faca, ordenado que a mesma ficasse quieta e não contasse nada para ninguém sobre o que ele iria fazer, e se caso contasse, mataria ela, irmãos e avós.

Já nú, homem pediu para que ele tirasse sua roupa. Após algumas tentativas sem êxito, a menina queixou-se de muitas dores, ele então resolveu fechar a porta, foi quando à adolescente pulou a janela e saiu correndo e gritando.

Tias e populares que moram na localidade chegaram ao local, mas o acusado fugiu, ainda só de cuecas. A Polícia Militar de Colônia do Piauí em apoio da Força Tática de Oeiras conseguiu efetuar a prisão do mesmo ainda em flagrante. Ele ficou à disposição da justiça.

Lei de Abuso de autoridade

A Lei de Abuso de autoridade de autoria do Senador Renan Calheiros e aprovada pelo congresso nacional em 26 de abril de 2017, proíbe através do art. 13 inc.I, que a imprensa divulgue nomes, exiba todo ou parte do corpo e algo que venha constranger o preso e/ou  detento à curiosidade pública, exceto em flagrante da imprensa no local e ou transporte do mesmo.

A sociedade é muito importante, quando decide anonimamente denunciar roubos, agressões ou qualquer tipo de infração. Para que isto seja possível, basta acessar o aplicativo da Polícia Civil de Oeiras. A identidade será mantida em absoluto sigilo. As denúncias podem ser feita através do 190 e do WhatsApp (89) 988029541 da Polícia Militar, ou através do endereço eletrônico http://bit.ly/denunciapcoeiras.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias