Quinta, 22 de Outubro de 2020 05:46
89 988029890
Polícia Polícia

PM conduz homem a Delegacia de Oeiras por ameaças e porte ilegal de arma de fogo

Homem fazia ameaças frequentes a seu filho de 13 anos e sua ex-mulher.

21/09/2020 22h52
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
(Foto: Divulgação PM)
(Foto: Divulgação PM)

A Polícia Militar de Oeiras, através da sua equipe da Força Tática conduziu um homem na manhã desta segunda-feira (21), acusado de ameaçar um adolescente de 13 anos e a sua mãe na localidade Marrecas, próximo a povoado Fazenda Frade.

A busca ocorreu após a polícia receber uma denuncia que o senhor C.A.N.S, de 41 anos estava tentando matar o seu próprio filho de 13 anos com uma faca. Quando a Força Tática do 14ª Batalhão de Polícia Militar chegou ao local encontrou o filho e a mãe do mesmo, M. D. S., 45 anos.

Ela disse que as ameaças eram frequentes ao filho e também a ela, inclusive que ele possuía uma arma de fogo (revolver). O homem chegou o local enquanto os policiais faziam e interrogatório e o levaram até a sua atual residência.

Lá os policiais encontraram sua atual mulher e pediu para que a mesma entregasse a arma que o mesmo tinha. A senhora C. M. C entregou a um revolver calibre 32 e duas munições. A PM também apreendeu uma facão.

A polícia conduziu o envolvidos para que prestassem depoimentos na Delegacia de Polícia Civil de Oeiras, para que fossem tomadas as providências cabíveis ao caso.

Lei de Abuso de autoridade

A Lei de Abuso de autoridade de autoria do Senador Renan Calheiros e aprovada pelo congresso nacional em 26 de abril de 2017, proíbe através do art. 13 inc.I, que a imprensa divulgue nomes, exiba todo ou parte do corpo e algo que venha constranger o preso e/ou  detento à curiosidade pública, exceto em flagrante da imprensa no local e ou transporte do mesmo.

A sociedade é muito importante, quando decide anonimamente denunciar roubos, agressões ou qualquer tipo de infração. Para que isto seja possível, basta acessar o aplicativo da Polícia Civil de Oeiras. A identidade será mantida em absoluto sigilo. As denúncias podem ser feita através do 190 e do WhatsApp (89) 988029541 da Polícia Militar, ou através do endereço eletrônico http://bit.ly/denunciapcoeiras.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias