Domingo, 27 de Setembro de 2020 11:00
89 988029890
Polícia Semiaberto

Após ida para o semiaberto, Correia Lima deve procurar emprego, diz advogado

Ainda de acordo com o advogado, Correia Lima não teme retaliações durante o retorno ao convívio social.

10/09/2020 16h08
Por: Pablo Carvalho Fonte: Cidade Verde
Após ida para o semiaberto, Correia Lima deve procurar emprego, diz advogado

Após ir para o regime semiaberto, José Viriato Correia Lima deve procurar um emprego e voltar a estudar. A informação foi confirmada pela defesa do ex-coronel da PM, que comemora a decisão proferida ontem pela 1º Vara Criminal de Parnaíba. 

Em entrevista ao Jornal do Piauí, o advogado Wendell Oliveira, afirmou que Correia Lima possui todas as condições necessárias para passar a cumprir pena no regime semiaberto, inclusive com o direito de se ausentar do sistema prisional para atividades de trabalho. 

“O coronel tem formação acadêmica e condições de laborar um trabalho lícito tranquilamente. Também ouvi a notícia de que ele quer voltar a estudar. Estudar Direito. Então, por mais que se tenha toda essa gama de acusações, hoje os laudos demonstram que o coronel é um reeducando exemplar e merece todo o crédito de retornar ao seio da sociedade”, afirmou o advogado. 

Ainda de acordo com o advogado, Correia Lima não teme retaliações durante o retorno ao convívio social, com a mudança para o regime semiaberto. Segundo ele, apesar das diversas condenações, o ex-coronel não possui inimigos. 

“O coronel é uma pessoa simples. Se for perguntar quem gosta ou quem não gosta do coronel, com certeza vai encontrar mais pessoas que gostam. Pelo que se tem, ele não é uma pessoa tão mal quista pela sociedade. [...]  O coronel não tem esse tipo receio[Retaliações], porque ele foi injustiçado em diversos fatos. Ele não tinha nenhum controle da situação que estava acontecendo no Piauí e, diante dessa falta de controle, foi acusado de crimes que ele não teve a menor participação. Não há um parente, ninguém que reclame essas pessoas que o coronel tenha sido acusado de alguma participação.Não nenhuma ameaça, no estado do Piauí ou fora do Piauí. O coronel não tem inimigos”, disse o advogado. 

Além da progressão para o semiaberto, a defesa de Correia Lima informou que ainda vai continuar tentando pleitear o benefício da prisão domiciliar, em decorrência da idade e das comorbidades enfrentadas pelo coronel.  Em Junho, um pedido chegou a ser apresentado à Justiça pela defesa, mas não foi acatado. 

Correia Lima cumpre pena em regime fechado desde 1999. Ele é acusado de chefiar o crime organizado no Piauí nas décadas de 1980 e 1990. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias