Terça, 11 de Agosto de 2020 03:30
89 988029890
Oeiras Tudo na mesma hora

Lojas e Bancos pedem a população urbana:'se possível venham só no turno da tarde'

Caso o comércio descumpram as normas podem sofrer punições administrativas e multas.

29/07/2020 11h35 Atualizada há 2 semanas
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
(Foto: Duda Borges)
(Foto: Duda Borges)

 O Portal Oeiras em Foco foi procurado na manhã desta quarta-feira (29) por alguns lojistas e procurou ouvir bancos públicos para tratar do contingenciamento de pessoas na reabertura gradual do comércio.

Uma loja de confecções e variedades localizada na rua Zacarias de Goes, disse que pela manhã o movimento está bom, mas que há um pico de 10 as 12 horas do dia.

"O movimento está razoável, melhora e há até um certo aumento entre 10 e 12 horas do dia, seria bom se ajustasse mais isso aí, tipo vir mais horários diferenciados", relatou o gerente da loja que preferiu se identificar.

Na rua Miguel Oliveira a gerente de uma ótica seguiu a mesma linha. "De manhã a movimentação é maior, quando chega no período da tarde, principalmente depois das 16 horas é duas... três pessoas que atendemos".

Um decreto municipal ampliou recentemente o horário de funcionamento para ter mais opções de horários ao público. Em Oeiras os setores que podem reabrir estão autorizados a funcionar das 07:00 as 18 horas.

O Gerente da agência do Banco do Brasil de Oeiras, relatou que seria bom e muito benéfico caso a população da zona urbana deixasse mais para resolver suas coisas no turno da tarde.

"Seria muito importante essa conscientização da população que mora na cidade de procurar fazer suas compras, resolver suas demandas no turno da tarde. O que acontece é que os carros do interior chega aqui 06:30 pra 07:00 horas, e ai tem que resolver tudo até 11 horas pra poder voltar. Então seria legal contingenciar para evitar aglomeração, as vezes somos rígidos aqui, principalmente com questão de filas, muita gente no sol porque aqui dentro não posso colocar muita gente para o bem de todo mundo, pessoal da cidade se puder e se possível dá pra resolver a tarde", disse Francilio Marcos.

Um decreto municipal foi editado nos dois últimos fins de semanas na cidade de Oeiras para conter o aumento do número de infectados, e houve uma forte adesão por parte dos moradores. Mas no decorrer da semana, com o decreto estadual que publicou um calendário gradual de reabertura de alguns setores, o movimento tem-se intensificado.

Vale ressaltar que os setores que forem reabrindo tem de cumprir o protocolo exigido pelos órgãos de saúde estadual e municipal, e caso descumpram estarão sujeitos a penas administrativas e multas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias