Sábado, 30 de Maio de 2020 07:06
89 988029890
Geral Rígidas

Documento que decreta 'medidas rigorosas' nas maiores cidades do Piauí vaza; Veja

O governador tem reunião com representantes dos Poderes e só depois deve anunciar as reais medidas nesta quarta-feira.

13/05/2020 06h13
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco

O governador Wellington Dias estuda medidas mais restritivas em relação a circulação de veículos no Piauí visando diminuir a disseminação do coronavírus no estado. Com o aumento de casos registrados e internações por COVID-19, a intenção ainda é evitar uma medida mais radical como o lockdown nesse primeiro momento.

A informação consta no rascunho de um documento a ser enviado ao superintendente da Polícia Rodoviária Federal do Piauí, Stenio Pires Benevides. O documento circula em grupos de WhatsApp, mas é apenas uma versão em construção do que deve ser anunciado. O secretário estadual de Comunicação, Allisson Bacelar, que o documento em questão é um convite ao superintendente da PRF para uma reunião em que seriam discutidos os temas relacionados no ofício

“Assim como foram feitas reuniões com outros grupos e ainda serão feitas mais outras nesta quarta-feira”, destacou Bacelar, acrescentando que as reais medidas só devem ser anunciadas após ampla discussão.

Os temas destacados no documentos foram discutidos e os técnicos e secretários presentes sugeriram mudanças ainda na terça-feira, 12. O governador tem reunião com representantes dos Poderes e só depois deve anunciar as reais medidas nesta quarta-feira.

Entre os tópicos discutidos e em fase de avaliação estão o fechamento de parte dos serviços considerados essenciais na sexta (15), sábado (16) e domingo (17), interrupção do transporte interurbano no final de semana, além do rodízio de veículos automotores em cidades como Teresina, Floriano, Parnaíba e Picos.

O rodízio funcionaria com a permissão de circulação alternada para veículos com placa de final com número ímpar num dia e placa de final par no outro. O Governo deixa claro também que os serviços como supermercados, farmácias e postos de gasolina seguirão funcionando.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias