Auto Escape J Wilson
Lojão do ciclista
Mercadinho Frigoleme
Lustosa Tur
Trânsito

BR 230 que corta Oeiras e a 4ª mais perigosa do estado; Confira o balanço de 2019 da PRF

A BR 230 ficou como a quarta mais perigosa com 31 acidentes graves e 12 mortes.

01/02/2020 08h56Atualizado há 4 semanas
Por: Pablo Carvalho
Fonte: Redação Oeiras em Foco
1.134
(Foto: Nucom PRF)
(Foto: Nucom PRF)

O número de acidentes nas BRs cresceu entre 2018 e 2019, mas o número de mortes causadas por esses mesmo acidentes, caiu. Os dados foram apresentados pela Polícia Rodoviária Federal, que apresentou nesta sexta-feira (31) um levantamento sobre as ocorrências registradas nas rodovias federais que cortam o Piauí em 2019.

Segundo o relatório, houve 525 acidentes graves nas BRs do estado em 2019. Em 2018, foram registrados 40 acidentes a menos, 485. Entretanto, em 2019, morreram 149 pessoas vítimas destes acidentes, enquanto no ano anterior houve 10 óbitos a menos.

Relatório da PRF aponta que número de mortes caiu, apesar de alta no número de acidentes em rodovias federais do Piauí em 2019 — Foto: Divulgação/ Polícia Rodoviária FederalRelatório da PRF aponta que número de mortes caiu (Foto: PRF)

De acordo com o superintendente da PRF, Stênio Pires, o contraste entre os resultados se deve aos procedimentos de segurança e métodos de prevenção de acidentes praticados pelos motoristas e passageiros, como uso de cinto de segurança ou capacete.

“As ações da PRF têm sido voltadas para a prevenção de mortes. Não significa que obrigatoriamente isso faça com que o número de acidentes diminua. Nosso trabalho é para reduzir o número de vítimas, e consideramos que temos tido sucesso nessa missão”, comentou o superintendente.

Rodovias mais perigosas

Relatório aponta que 525 acidentes nas nove rodovias federais que cortam o Piauí em 2019. 174 pessoas morreram. — Foto: Divulgação/ Polícia Rodoviária FederalRelatório aponta que 525 acidentes nas nove rodovias federais que cortam o Piauí em 2019. 174 pessoas morreram. (Foto: PRF)

O relatório da PRF apresentou o número de acidentes que ocorreram em cada uma das nove rodovias federais que passam pelo Piauí. O levantamento aponta que 72% dos acidentes graves registrados em 2019 ocorreram nas rodovias BR-343 e BR-316, as maiores e mais movimentadas do Estado. 56% das mortes em acidentes aconteceram nas duas rodovias.

Segundo o levantamento, a BR-343, que corta o Piauí desde a cidade de Luís Correia, no litoral, até Jerumenha, no Sul do estado, é a rodovia mais perigosa em números absolutos. A estrada registrou 46% dos acidentes e 36% das mortes ocorridas em rodovias federais em 2019.

 Em outubro de 2019, quatro pessoas morreram em acidente com ônibus na BR-135, em Redenção do Gurgueia, no Piauí — Foto: ReproduçãoEm outubro de 2019, quatro pessoas morreram em acidente com ônibus na BR-135, em Redenção do Gurgueia, no Piauí (Foto: Reprodução)

O superintendente Stênio Pires explicou que os altos índices registrados nas duas rodovias se devem ao alto fluxo de veículos. “Quanto mais veículos, maior a chance de ocorrerem acidentes. A duplicação das duas BRs poderia ajudar a reduzir a concentração de veículos, e consequentemente o número de acidentes”, disse o superintendente.

Já a BR-135, que recebeu o apelido de “Rodovia da Morte” por conta da gravidade dos acidentes e pelas condições precárias da via, apresentou uma alta proporção entre acidentes e mortes: 41 pessoas morreram em 61 acidentes em 2019. A proporção é suficiente para fazer o número de mortos na BR-135 superar o índice registrado na BR-316, apesar de nesta rodovia terem acontecido duas vezes mais acidentes.

Em março, uma empresária morreu após saída de pista na BR-230, em Oeiras, no Piauí — Foto: Divulgação/PRFEm março, uma empresária morreu após saída de pista na BR-230, em Oeiras, no Piauí (Foto: Oeiras em Foco)

Algumas rodovias menores apresentaram proporções ainda mais altas entre o número de acidentes e de mortos: na BR-230, que cruza o centro do Piauí, houve 31 acidentes e 12 mortos. na BR-020, foi registrado número maior de vítimas do que de acidentes: 6 acidentes e oito mortos. A maior proporção, entretanto, aconteceu na BR-235, onde houve apenas um acidente, que causou uma morte.

Caminhão carregado tombou na BR-343, em Teresina. — Foto: Magno Bonfim/TV ClubeCaminhão carregado tombou na BR-343, em Teresina (Foto: TV Clube)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias