Lustosa Tur
Mercadinho Frigoleme
Lojão do ciclista
Auto Escape J Wilson
Novo Prazo

Ministério Público adia prazo pra Crescer Consultorias provar condições de realizar concurso de Oeiras

A empresa tem 20 dias a mais além do estabelecido para 15 de janeiro.

28/01/2020 22h56
Por: Pablo Carvalho
Fonte: Folha de Oeiras
1.147
(Foto: Oeiras em Foco)
(Foto: Oeiras em Foco)

O Ministério Público do Piauí aumentou o prazo para a empresa Crescer Consultorias, responsável pelo concurso público de Oeiras, provar sua idoneidade para realização do mesmo. A informação foi dada pelo portal Folha de Oeiras ainda na noite de terça-feira (28).

Ainda segundo a informação, a empresa tem 20 dias a mais além do estabelecido para 15 de janeiro. Assim, a CRESCER terá até o dia 05 de fevereiro para apresentar sua defesa. A partir de então, a prefeitura comunicará por meio da imprensa se o concurso público terá ou não continuidade.

O imbróglio sobre a realização do concurso público de Oeiras se deu depois que a empresa responsável pela realização foi alvo de uma operação da Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor) que investiga suspeita de fraudes em licitação para concurso público.

No mês de dezembro do ano passado, foi realizada uma audiência com o Ministério Público, a empresa responsável (CRESCER) pelo certame e a Prefeitura de Oeiras. Na ocasião, o Concurso Público (Edital 001/2019) foi suspenso até a data de 15 de janeiro de 2020. As provas do certame estavam marcadas para acontecer em 15 de dezembro de 2019.

Após Acordo de Ajuste de Conduta entre as partes envolvidas, a empresa Crescer Consultorias, anunciou que os candidatos que desejarem requerer o ressarcimento do dinheiro referente ao valor da inscrição ao cargo a que se propunha, já poderiam requerer fazer encaminhando pedido ao e-mail: [email protected]

A expectativa dos candidatos em torno da realização do concurso público da prefeitura Municipal de Oeiras é grande em virtude do tempo transcorrido entre as inscrições e o momentâneo cancelamento. Do período de inscrições até agora já se passaram quase quatro meses.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias