Sexta, 14 de Agosto de 2020 02:09
89 988029890
Brasil Emprego

Piauí tem saldo positivo de empregos em novembro, diz CAGED

Além do comércio, só serviços teve saldo positivo de empregos. Nesse setor, foram apenas 75 novas vagas em novembro.

19/12/2019 18h01
Por: Pablo Carvalho Fonte: Cidade Verde
(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O Piauí teve saldo positivo na geração de empregos no mês de novembro. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram 200 novas vagas, resultado de 7.437 admissões contra 7.237 demissões. No acumulado do ano foram criados 4.903 empregos com carteira assinada.

O setor do comércio foi quem segurou o estado na geração de empregos no mês passado. Foram 647 novos postos de trabalho, resultado de 2.270 admissões contra 1.623 desligamentos. No entanto, a agropecuária puxou os número para baixo com um déficit de 213 vagas. O setor registrou 736 demissões frente a 523 admissões.

Além do comércio, só serviços teve saldo positivo de empregos. Nesse setor, foram apenas 75 novas vagas em novembro.

Em relação aos outros estados, o Piauí ficou em 21º lugar na geração de emprego no mês de novembro. Último a ter saldo positivo. São Paulo registrou o maior saldo positivo, com a geração de 23.140 novos postos; Rio de Janeiro, com 16.922, e Rio Grande do Sul com 12.257. Da 22ª colocação em diante os números são negativos como Tocantins (-0,06), Rondonia (-0,15), Acre (-0,77), Mato Grosso do Sul (-0,16), Mato Grosso (-0,34) e Goiás (-0,37).

Em todo o país, pelo oitavo mês consecutivo, o saldo é positivo na geração de empregos com carteira assinada. Em novembro o saldo positivo foi de 99.232 vagas de trabalho, resultado de 1.291.837 admissões e 1.192.605 desligamentos no período. No acumulado do ano, foram criados 948.344 empregos com carteira assinada. Os dados foram divulgados pela  Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Regiões do Brasil

No mês, quatro das cinco regiões apresentaram saldo positivo, com destaque para a região Sudeste com a criação de 51.060 novas vagas. Na região Sul foram 28.995 novos postos; no Nordeste, 19.824; e na Norte, 4.491. A região Centro-Oeste foi a única a registrar saldo negativo em 5.138 postos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias