Mercadinho Frigoleme
Auto Escape J Wilson
Lustosa Tur
Drogaria Horizonte
Chaves Bebidas
Rondnelly Camarço
Malu Pneus
Lojão do ciclista
VII FLOR

‘AlfabetizArte’ reúne 350 crianças no encerramento da VII Feira Literária

Este ano, a Feira Literária homenageou o escritor Ilan Brenman, que passou a semana em Oeiras, interagindo com a arte e os saberes produzidos pelos estudantes e professores das escolas municipais.

18/11/2019 17h59Atualizado há 3 semanas
Por: Pablo Carvalho
Fonte: Ascom PMO
(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O encerramento da VII Feira Literária de Oeiras - FLOR, na noite do último sábado, 16, foi uma grande festa das artes, que levou à praça pública os talentos e habilidades de cerca de 350 crianças da rede municipal de ensino, no espetáculo AlfabetizArte – um musical que lembrou os homenageados nas sete edições do evento. A apresentação aconteceu na Praça de Eventos e reuniu um grande público.

Este ano, a Feira Literária homenageou o escritor Ilan Brenman, que passou a semana em Oeiras, interagindo com a arte e os saberes produzidos pelos estudantes e professores das escolas municipais. Ganhador de diversos prêmios, ele é considerado um dos mais importantes autores da literatura infanto-juvenil do Brasil, tendo mais de 70 livros publicados e traduzidos para dezenas de países.

“A VII FLOR foi um dos festivais literários mais emocionantes que eu participei – e olha que já tenho mais de 20 anos de carreira. Saio revigorado com escritor e como pessoa. Nunca recebi tanto carinho, tanto amor, nunca vi projetos tão maravilhosos de educação. Saio com uma esperança enorme. Vivemos tempos complicados em relação ao Brasil e Oeiras voltou a me dar esperança em relação ao futuro e à educação como transformadora, uma forma da gente sair da escuridão. Inesquecível! Vai ficar na minha memória para sempre. Espero que um dia eu volte aqui, me sinto vinculado com a cidade para sempre. Foi incrível. Obrigado a todos”, exclama o escritor homenageado.

Para a secretária municipal de Educação, Tiana Tapety, a FLOR fez do Centro Histórico de Oeiras um território educador e um laboratório pulsante de saberes, ideias e vivências, norteadas pela literatura, pela alfabetização e pela arte. “Chegamos à culminância do projeto ‘Aprendendo Com’, com a FLOR - Feira Literária de Oeiras. Estamos muito felizes e prestando conta de um trabalho construído ao longo de muitos anos. Este ano, em específico, norteamos nosso projeto de leitura com a obra do Ilan Breman, uma obra de narrativas, recontos e engajamento social muito grande e tem toda uma relação com o cotidiano. Saímos da poesia da Roseana Murray e adentramos o universo da magia das narrativas do Ilan”, argumenta.

“Concluímos a FLOR com um saldo extremamente positivo, de muita música, literatura, dança, pintura e leitura enormes. Nossas crianças saem maiores e a educação de Oeiras com um ganho muito maior, porque qualifica cada vez mais seus alunos e professores e isso, para nós, é uma satisfação enorme”, acrescenta Tiana Tapety.

O prefeito José Raimundo ressalta que a realização da FLOR é resultado do compromisso do município de Oeiras em oferecer às crianças e adolescentes educação pública de qualidade e um futuro que seja digno dos seus talentos. “É um evento que a cada ano que passa nos surpreende. Não só a mim, mas a todos que, juntos conosco, se engajam e fazem a FLOR acontecer. O produto final sai além das nossas expectativas. As crianças são protagonistas de tudo isso e fazem com tanto carinho, com tanto zelo, com tanto prazer, que parecem gente grande se apresentando, atuando nas peças, danças e mostrando suas experiências. Tudo que elas fizeram foi especular e é fruto de um trabalho que acontece na rede como um todo, através de um compromisso firmado entre todos que fazem a educação de Oeiras”, afirma o prefeito.

Escritor Léo Cunha será o homenageado em 2020

Além do espetáculo AlfabetizArte, a noite de encerramento da sétima edição da FLOR teve as apresentações do Grupo Vocal, Banda Geração Jovem e o show dos monitores dos Núcleos de Cultura. Por fim, foi anunciando o escritor homenageado Feira Literária de Oeiras, em 2020.

Mineiro, autor de mais de 60 livros de literatura infantil e juvenil, crônicas e poesias, Léo Cunha terá sua obra estudada em todas as escolas da rede e será o homenageado na FLOR do próximo ano. “O autor que trabalharemos em 2020 é uma indicação do Ilan, é um amigo dele. Já esteve em Oeiras e ficou muito feliz com a indicação. Vamos trabalhar com a mesma dedicação e afinco, no propósito de formar leitores cada vez mais qualificados”, comenta Tiana Tapety.

“A obra dele está norteada muito nas temáticas ambientais, nos temas sociais. A última obra dele fala sobre a tragédia de Brumadinho, sendo ele um mineiro. Estamos muito felizes e agora é só construção”, conclui a secretária municipal de Educação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias