Data Picos
Auto Escape J Wilson
Chaves Bebidas
Malu Pneus
Drogaria Horizonte
Lustosa Tur
Mercadinho Frigoleme
Rondnelly Camarço
Lojão do ciclista
Teve de tudo

Veja tudo que rolou no jogo entre Oeirense x Picos nesse fim de semana

Após choque de cabeça, jogador do Oeirense foi encaminhado para hospital

14/10/2019 16h01
Por: Pablo Carvalho
Fonte: Globo Esporte

Na vitória do Oeirense por 1 a 0 em cima do Picos, pelo jogo de ida das semifinais da Série B do Campeonato Piauiense, um fato inusitado aconteceu. Um não, vários. Tudo começou com um curioso segundo tempo ter 61 minutos de duração, registrado na súmula pelo árbitro Diego da Silva Castro. O juiz adicionou o tempo extra somente aos 48 minutos do segundo tempo, somando os 13 minutos adicionais. A partida na etapa final acabou fugindo do comum.

Alguns fatores em campo foram determinantes para esse tempo de acréscimo fora da curva. Pausa para hidratação, atleta desmaiado, ambulância em campo, sinalizadores na torcida e forte calor. A partida, que iniciou às 17h06, foi até às 18h07 com o tempo adicionado.

Atleta desmaia e tem convulsão

Por volta dos 25 minutos de jogo na segunda etapa, o atleta Caio Cezar, atacante do Oeirense sofreu um choque de cabeça, ficando desacordado em campo. Os atletas, tanto da sua equipe, quanto do time adversário perceberam que a situação estava fora do comum, e solicitaram junto ao árbitro o auxílio da ambulância. Por conta da dividida, Caio acabou tendo um principio de convulsão e recebeu atendimento em campo.

Atendimento no campo

Ambulância Oeirense Caio Cezar — Foto: Reprodução/TV Clube

Por conta da situação complicada, os médicos preferiram realizar o atendimento dentro de campo. De acordo com o relatado na súmula, o responsável pelo atendimento, o médico José Augusto Sá Lopes, aguardou o atleta recuperar os sentidos em campo. Depois, a ambulância levou o jogador para o hospital. Caio ficou em observação, e recebeu os cuidados necessários para que não apresentasse piora no estado clínico. O relatado foi que o atendimento, ao todo, teve a duração de nove minutos.

Sinalizadores nas arquibancadas

Uso de sinalizadores por parte da torcida do Oeirense, na semifinal da Série B do Campeonato Piauiense — Foto: Sávio Magalhães/Tv Clube

Se não bastasse um bom tempo de espera por conta do atendimento, a bola ainda ficou sem rolar por conta de outro motivo na segunda etapa. Os torcedores do Oeirense utilizaram sinalizadores nas arquibancadas, pouco tempo depois do reinicio de partida, por conta do atendimento ao atleta da equipe. Diego da Silva Castro novamente teve que parar o jogo e pedir que a torcida apagasse os fogos de artifício, como considerou o árbitro da partida na súmula. Com isso, o time ainda pode correr o risco de ser denunciado no TJD-PI. 

Caso venha a ser denunciado pelo órgão de justiça, o clube pode estar sendo punido de acordo com o artigo 213, inciso I, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), podendo ter uma multa estipulada entre R$ 100 à R$ 100 mil devido a desordens nos estádios, invasão e/ou lançamento de objetos no campo.

Tá pegando fogo, bicho!

Na primeira etapa, como de costume no futebol brasileiro, alguns jogos têm parada técnica para reidratação. Até então, normal. O que não foi normal foi a temperatura de jogo. Aos 24 minutos do primeiro tempo, os termômetros marcaram 38ºC da cidade de Oeiras, cidade a 271 km ao sul de Teresina, a partida teve a primeira pausa. O árbitro Diego da Silva Castro deu dois minutos para hidratação dos atletas. A primeira etapa ainda teve o acréscimo de 6 minutos.

O Oeirense venceu a partida e conseguiu levar uma vantagem importante para o segundo jogo das semifinais do Campeonato Piauiense. Em Picos, na partida de volta, qualquer empate leva o Cachorro Louco para a grande final do estadual, dando o acesso da equipe para a divisão de elite local. O Picos, por sua vez, precisa de qualquer vitória. O placar de 1 a 0 para o Zangão dá a vaga ao time, pois o mesmo conseguiu melhor campanha na primeira fase da competição.

Picos e Oeirense se enfrentam na próxima sexta-feira, às 20h, no estádio Helvídio Nunes, em Picos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias