Data Picos
Drogaria Horizonte
Chaves Bebidas
Auto Escape J Wilson
Rondnelly Camarço
Lustosa Tur
Malu Pneus
Mercadinho Frigoleme
Lojão do ciclista
Piauí

Congelamento vai barrar inclusão de novos benefícios do Bolsa Família no Piauí

A informação sobre a fila da lista de espera foi dada pelo ministro Osmar Terra (Cidadania) a integrantes da CMO

02/10/2019 08h54
Por: Pablo Carvalho
Fonte: Cidade Verde
(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O congelamento do orçamento para o Programa Bolsa Família impossibilitará a entrada de novos beneficiários no Piauí, afirma o gerente de Programas de Transferência de Renda e Benefícios Socioassistenciais, Roberto Oliveira.

Nesta terça (01), reportagem divulgada pelo Folhapress alerta que "após quase dois anos, o Bolsa Família voltou a ter fila de espera para quem deseja entrar no programa social que transfere renda para pessoas em situação de pobreza e de extrema pobreza".

A informação sobre a fila da lista de espera foi dada pelo ministro Osmar Terra (Cidadania) a integrantes da CMO (Comissão Mista de Orçamento) do Congresso durante reunião ocorrida há alguns dias. "Conseguimos terminar com a fila. Agora está voltando a fila de novo em função da nossa dificuldade orçamentária", disse o ministro. Roberto Oliveira também confirmou essa a espera também acontece no Piauí, mas, no momento, não sabe precisar o quantitativo. Essa fila se forma quando as respostas demoram mais de 45 dias. 

Roberto Oliveira vê com preocupação esse anúncio de dificuldades e congelamento no orçamento. Roberto disse que "essa medida representa um grande dano, na verdade, para todo o país porque nós vamos ter, consequentemente, uma elevação da extrema pobreza no Brasil todo; e isso já está acontecendo. E, além da gente não ter as correções do próprio valor do benefício, isso também vai impossibilita a entrada de novos beneficiários". 

"Então, basicamente, a gente vai manter o que nós já temos hoje e, com isso, impossibilitar a entrada de novos beneficiários. Como eu falei, na contramão, nós teremos uma elevação da extrema pobreza e, de certa forma, nós não teremos a atenção do Estado Brasileiro para atender essas necessidades e essas demandas".

No Piauí, o total de famílias inscritas no Cadastro Único em julho de 2019 era de 698.258 dentre as quais: 461.251 com renda per capita familiar de até R$ 89,00; 39.962 com renda per capita familiar entre R$ 89,01 e R$ 178,00; 98.938 com renda per capita familiar entre R$ 178,01 e meio salário mínimo; 98.107 com renda per capita acima de meio salário mínimo. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias