Data Picos
Rondnelly Camarço
Malu Pneus
Lojão do ciclista
Mercadinho Frigoleme
Lustosa Tur
Drogaria Horizonte
Auto Escape J Wilson
Chaves Bebidas
Política

Governador vai recorrer da decisão do TCU que bloqueia venda de precatórios do Fundef

le afirma que o governo tem sido assessorado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

23/09/2019 17h27
Por: Pablo Carvalho
Fonte: Cidade Verde
(Foto: CCom)
(Foto: CCom)

O governador Wellington Dias ( PT) classificou como "estranha" a decisão do Tribunão de Contas da União (TCU), que bloqueia a venda dos precatórios do Fundef. O governo esperava antecipar R$ 1,5 bilhão com avenda dos precatórios.

Wellington garante que o governo vai recorrer da decisão. Ele afirma que o governo tem sido assessorado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). 

"Vamos recorrer, até porque é uma decisão estranha. Estão questionando um edital que ainda nem saiu. O lado bom é  que estamos no caminho certo. Está colocado como exigência a legalidade. O estado já estava assessorado pela fundação Getúlio Vargas. Vamos cumprir o regramento do TCE, do TCU, do judiciário e da legislação e investir em educação", declarou.

De acordo com entendimento do TCU, não há projeto ou ação na manutenção e desenvolvimento do ensino para educação básica. Outra suposta irregularidade seria que o governo do Estado já manifestou o desejo de usar parte desses recursos para capitalização do Fundo de Previdência dos servidores públicos. O Tribunal diz que a lei não permitiria essa ação. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias